Social

Férias Jovens

Anualmente, durante os meses de Junho, Julho e Agosto, o CCD recebe, numa espécie de Campo de Férias, cerca de 100 crianças por semana, filhos de funcionários da Câmara Municipal de Oeiras e dos Serviços Municipalizados, entre os 6 e os 12 anos de idade, estando agora também aberto aos munícipes em geral, embora com diferentes condições de acesso. Nas interrupções letivas do Natal e da Páscoa realizam-se também atividades lúdicas, seguindo o mesmo formato das férias de Verão, mas com atividades adaptadas à época do ano em que têm lugar.

O objetivo desta iniciativa é ocupar o tempo livre de um modo saudável através da programação de atividades culturais, sociais e desportivas, entre as quais se destacam as idas à praia e à piscina, as visitas a Museus e Monumentos, Jardins Zoológicos ou outros locais temáticos, jogos de equipas ou individuais e expressão plástica.
As crianças são divididas por faixa etária por um determinado número de monitores, que obedece a um rácio estipulado legalmente. No ano de 2017, em parceria com a EMDIIP, as Férias Jovens de Verão receberam algumas crianças com necessidades especiais, que foram integradas no nosso programa de atividades de uma forma muito positiva para todos os participantes.

Séniores

O CCD realiza anualmente cerca de 10 passeios por todo o país destinados aos nossos associados aposentados, antigos funcionários da Câmara Municipal de Oeiras e dos Serviços Municipalizados, com cariz cultural e gastronómico. Em 2018, estes passeios foram abertos a todos os sócios e terão destinos tão distintos como Évora, Setúbal, Aveiro, Açores (Ilha Terceira), Castelo Branco/Idanha-a-Nova, Paris-Disneyland, Santiago de Compostela, Régua/Barca D’Alva e Golegã.
Outra atividade anual patrocinada pelo CCD aberta a todos os associados aposentados é o Convívio de Natal que, por norma, se realiza no Edifício AERLIS.

Atendimento Social

Desde o mês de Fevereiro de 2015, o CCD conta com a colaboração de uma técnica de acção social para atender os seus associados. Este acompanhamento destina-se a todos os associados que, por qualquer razão, se encontrem em situação de vulnerabilidade. O objectivo é que após triagem e diagnóstico, seja dada uma resposta social integrada, adequando-se o apoio prestado às necessidades, perfis e potencialidades da pessoa, na procura de soluções/situações alternativas.

O atendimento será quinzenal,  das 14.30 às 16.30, nas instalações do CCD. As marcações deverão ser feitas através dos nossos contactos telefónicos.

Aconselhamento jurídico

O CCD  assegura, desde Abril de 2016, a prestação de sessões de aconselhamento jurídico aos seus associados.

Este serviço pretende colmatar uma lacuna existente, tendo sido desde sempre uma das metas traçadas pela atual direção.

O serviço de aconselhamento jurídico tem como principal objetivo a prestação de informação aos nossos associados, de forma gratuita, sobre as instituições às quais se poderão dirigir para exercerem os seus direitos legais, bem como para obterem informação variada referente às opções existentes de resolução de quaisquer problemas pessoais existentes.

A prestação de aconselhamento jurídico não contempla o patrocínio judiciário dos associados, ou seja, não implica a proposição de qualquer tipo de ações, realização de diligências em entidades externas ou elaboração de quaisquer tipo de documentos. Contempla sim a possibilidade do associado expor o seu caso pessoal a um Jurista que, prestando informações de caráter genérico, poderá proceder ao aconselhamento e reencaminhamento do mesmo às entidades respetivas.

O atendimento é gratuito e será realizado na sede do CCD, mediante agendamento prévio.

Os interessados, deverão contactar a secretaria e proceder ao agendamento de uma sessão.